Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Aula: Deveres na Família - Juventude - 13/08/2011

PROGRAMA 2011 - AULA APLICADA

EDUCAÇÃO ESPÍRITA JUVENIL - PRÉ MOCIDADE

AGOSTO

Tema: RELAÇÕES FAMILIARES E SOCIAIS

Objetivo Formativo: Reconhecer que a vivência familiar e social favorecem o crescimento espiritual.

Objetivo Informativo: Reconhecer que somos responsáveis pelos nossos atos.

13/08

Deveres na família

Resumo

  1. Prece inicial 5’
  2. Atividade Inicial 10 ’
  3. Reflexão final 15’
  4. Atividade Final 15’
  5. Prece Final 5’

Dinâmica

Atividade Inicial:

Colar em cada aluno, sem que eles vejam, uma placa de transito em suas costas. Eles deverão adivinhar a placa fazendo perguntas para o colega. Mas o colega só poderá responder sim e não ou não sei. Estipular o tempo de 10 min. para a brincadeira.

Dica: Para eles se familiarizarem com as placas, peça para eles observarem as placas tentarem memorizar as placas antes de colar nas costas deles e quando a brincadeira começar, orientar p/ perguntar primeiro se é placa indicativa ou proibitiva.


Reflexão
: O que fazem as placas de transito? (dão e mantem a ordem, disciplina, orienta)

Porque cada cidadão deve seguir as placas? (chegar a palavra dever na sociedade e levar refletir sobre qual o dever de cada um em casa? E por que os pais as vezes são tão “chatos”?)

Atividade Final:

Pedir para que cada um leia o texto que recebeu e faça conforme proposto no texto.

Após 1 minuto pedir para trocarem os textos e continuar de onde o colega parou.

Fazer isto até terminarem o texto. (Fazer conforme tempo disponível)

Após todos terminarem, trocar mais uma vez e estes deverão ler o texto em voz alta.

Qtde evang

Atividade Inicial: Situação Problema

Na casa do Jovem Paulo, as desavenças passaram a ser constantes de uns tempos para cá. A mãe e o pai sentem-se desrespeitados pelas atitudes dos filhos, que recusam a obedecer-lhes desde que completaram 11 anos, tomando como exemplo a conduta de amigos e vizinhos.

O Paulo acha que tem o direito de errar para aprender a ser um homem, e a menina por sua vez acha que as ordens e instruções dos pais significam uma repressão inaceitável. Ambos se auxiliam na ingrata tarefa de enganar os pais e driblar-lhes a vigilância.

(Fonte: VI Unidade - Conduta espírita – 3º. Ciclo da infância – Plano de aula 3)

Escreva uma carta a estes jovens, compreendendo as suas dificuldades e informando como tudo pode ser diferente, convencendo-os a mudar de atitude.




Um comentário:

  1. Para esta aula, a Prof. Cinthia na dinamica inicial, utilizou as placas para uma brincadeira de mimica e aliou a responsabilidade e deveres no transito com a nossa vida familiar!
    A aula foi ótima! Beijos...

    ResponderExcluir